Recent Posts

sábado, 8 de novembro de 2008

Sobre nós dois e o resto do mundo.

É claro que é amor. Amor na reciprocidade dos gestos, dos gostos, dos sonhos. Amor na troca de carinho, de afeto, de e-mails, de livros, de sorrisos nas noites frias de Junho, nas manhãs quentes de Outubro, ou no começo exaustivo de Novembro.

Amor que dura, que se transforma, que evolui. Que faz com que tudo faça sentido. Com palavras, com verdades, com interrogações também, mas com a certeza de que tudo que existe é bem maior do que insistem em pensar.

Amor pode ser amor. E mesmo assim, ser maior que quase tudo que existe nesse mundo.

O lado bom da saudade é a felicidade do encontro. E nós acreditamos nisso, mais do que ninguém.

4 comentários:

DANI. disse...

Aaaaaahhhhhhhh. =]





(Assim que eu pensar em alguma coisa que consiga expressar o que eu senti quando li, eu volto aqui, prometo.)

Jonathas Iohanathan disse...

Cara, este texto está muito bom. Sério, de verdade. Fazia tempos que eu não vinha aqui, e gostei deste, a começar do título. A frase em itálico foi para o msn.

Abraços.

anna disse...

"Sobre nós dois ninguém vai saber de tudo;
Parece uma partida contra o resto do mundo"

Ah,adoro esta música.
E este texto, meu Deus, que lindo!
Cada frase, cada palavra...lindo de verdade.

Só para constar:
"O lado bom da saudade é a felicidade do encontro'
O ruim, é quando não há o encontro, e sabemos disso.

Beijos Daniel;
saudades de você.

DANI. disse...

o prêmio mais bonito que eu já ganhei. (: