Recent Posts

segunda-feira, 26 de maio de 2008

A porta (ou qualquer outra coisa)

As noites não são iguais. Os espaços são mais vazios. Os sentidos são confusos. Como buscar 'algo' em alguma coisa inexistente? Inventar eu não acho nem mesmo razoável. Planejar sim, planejar é razoável. Bem razoável. Não chega ser bom ainda não. Porque bom mesmo é realizar. Pelo menos deve ser assim. A falta faz com que as expressões diminuam. Não é sempre. Mas agora ta sendo assim. Não é fácil ficar tentando definir, enfeitar, ou ensaiar possibilidades que sabe-se lá quando vão acontecer. Se é que vão acontecer.

Alguns hábitos, antes tão fortes, vão se escondendo pela falta do que dizer. Pensar no futuro é bacana. Mas quando falta alguma coisa na base, os pensamentos começam a se perder em meio aos sonhos incompletos.

Insisto em acreditar que o amanhã será melhor. Insisto em me esforçar para não chegar a conclusão que nada valeu à pena. Insisto em bater na porta pra ver se pelo menos nessa madrugada você está aí. Do outro lado.

6 comentários:

Gabriel Mororó disse...

Caraca esse texto é um dos melhores, ou o melhor. Continua assim que vc escvreve um livro denro em breve

Dududa disse...

Gostei muito do texto :), quandos os sonhos realizáveis se misturam aos sonhos fantasiosos é porque algum limite foi rompido...
;*

a.fêê disse...

Realmente Daniel, pensar no futuro é bom, quando se tem bases, ou até mesmo uma real crença que tudo vai dar certo. Coisa que eu, não possuo.
Ótimo texto, gostei muito, em especial essa frase, a qual me identifiquei, MUITO:

Insisto em bater na porta pra ver se pelo menos nessa madrugada você está aí. Do outro lado.


acho que você e o Jon deveriam escrever um livro juntos :)

rs;

abraço :*

Jonathas Iohanathan disse...

Incerto, isso é o futuro. Não dá para planejar, não dá para querer mudar o rumo das coisas. Talvez tentando mudar façamos com que tudo tome um rumo muito distante do que queriamos. Para sonhar é necessário o cuidado para não confundir os mundos.

bom texto para pensar.

DANI. disse...

Sonhar, planejar, idealizar.. às vezes a gente acaba perdendo a noção da realidade e desejando coisas impossíveis.
Mas continue 'batendo', uma hora te atendem ou então vc acaba derrubando a porta! Rss.
Falando sério, querido, não desista. Maio foi o meu mês, junho será o seu. (:

(Sumiu do pré por quê, jovem?
Ainda bem que vc não foi hoje, eu e o Gabriel fomos assaltados! Depois te conto detalhes...)

Beeeeeeijo, saudade.
=*

bárbara m disse...

Adorei o texto :}

P.S.: Quase desisti, kkk