Recent Posts

quinta-feira, 22 de maio de 2008

Das coisas que mudam os dias

Ela sobe lentamente a rampa que leva ao 2° andar. Enquanto os sorrisos são compartilhados, ela diz:
- Você por aqui?! Quanto tempo!
O abraço, que antecede as outras palavras, é apertado.
- Pois é, vim te ver. Ele diz de forma irônica, porém, mais feliz que nunca.
A resposta é singela:
- Ah, que bonitinho, ele veio me ver. Ela comenta com um amigo incomum.

Ela continua linda. Seu sorriso continua sendo o mais bonito, o mais doce. E mesmo sem saber, ou fingindo não saber, continua sendo a que dá sentido as coisas. A que tranforma a dor, já tão conhecida, em algo mais bonito, em poesia, em frases de efeito, em textos escritos nas madrugadas insones. Hoje aquela antiga frase se renova. 'Bom é o que inspira'. De fato isso é verdade. De fato você tranforma isso em verdade. De fato você permanece aqui mesmo sem se dar conta disso.

3 comentários:

Gabriel Mororó disse...

Sr. Daniel:
Esse texto é deveras intressante, bom trabalho conteinue a fezer o trabalho q que sempre fez
Abrço de seu estimado amigo

Jonathas Iohanathan disse...

Bom, mesmo no outro dia continua sendo estranho o fato de talvéz sermos pessoas iguais em lugares distintos..rs, a diferença que faz é não haver o segundo andar.
Esse texto entrou para o Hall dos especiais daqui, bom mesmo, você já sabe o porquê. Abraço.

Aninha disse...

De fato você permanece aqui mesmo sem se dar conta disso.

Agora que me dei conta, de que tudo que é feito, escrito,pensado, lamentado, compartilhado, tanto aqui, quando em meu blog, quanto em qualquer outro, de mesma temática, são direcionados diretamente a alguém, que muitas vezes nem sabe ser foco de textos maravilhosos, como este.
Engraçada esta vida.

Lindo texto, lindo mesmo.
Tocante, com ar de sinceridade que encanta.

Abç ;*