Recent Posts

domingo, 25 de janeiro de 2009

A/C

No meio de tantas outras coisas, passo pela sua rua querendo te ver. Mas com medo de te encontrar. E não sobrou tempo sequer pra uma ligação. É que quando você diz Saudades, eu não entendo o que você quer dizer. Saudades de que? Do que não existiu pelo seu medo de arriscar? Pela ausência de coragem para largar uma vida de insatisfações diárias e ao menos uma vez tentar um novo caminho?

Quando você disse, da outra vez, que ela (independente de quem fosse) teria muita sorte, pelos motivos que nós dois conhecemos, pensei que você algum dia se permitiria tentar correr o risco. Porque quando você não conhece o caminho, é claro que há o risco. Mas o risco não seria melhor do que o lugar comum, que nós dois sabemos que já não é lá grandes coisas?

Tudo isso é só pra lembrar que passei por aí numa dessas noites que começam com esperança, e acabam perdendo completamente o sentido.

Mas nada disso deve-se a sua falta, não dessa vez.

Talvez o que eu ainda goste em você, além da sua beleza-que-mora-longe, e as fotografias que guardo comigo, seja a força que você me dá pra escrever.

6 comentários:

DANI. disse...

...



=/

Juliana Porto disse...

Se a menina te dá força para escrever... Eu dou forças daqui para esse amor dar certo. Para essas poesias viverem!
Eternidade para teus versos!

Abraços.

Ah! Obrigada pelos comentários, viu?

Jonathas Iohanathan disse...

Hahahah, só posso rir disso, cara. Aí você ainda tem a ousadia de ir 'lá em casa' e dizer que eu escrevo bem?
E o que é isso então?

Você conseguiu em um texto relativamente pequeno dizer o que eu tenho demorado 2 meses pra dizer.

Não digo que é um dos melhores, mas sim que com certeza é um dos que me serão mais úteis.

Parabéns, Daniel.

DANI. disse...

=]

anna felizatti disse...

Encantador, assim como tudo que escreves.

Quer um conselho?
Larga teu emprego, vá escrever um livro, pq vc nasceu pra isso.

E juro,estou sendo sincera.

Beijos, beijos.

Jaqueline Fontenele disse...

Admiro intensamente as suas palavras Daniel, e as de Jonathas Iohanathan também.