Recent Posts

domingo, 26 de outubro de 2008

Um, dois, três...

Agora estou naquela fase de adaptação para o mundo real. Mas os dias são bonitos. E acordar cedo nem é tão ruim assim. O ônibus corre quando pode. Eu descanso quando posso. E tento escrever quando dá.

Sentir-se bem mesmo com todo o cansaço (agora mais sincero do que nunca) é quase uma janela para um mundo novo. Para o meu mundo novo.

Assisto a vida em suas diferentes formas. Vejo o dia nascer nas manhãs de calor. E a força vem exatamente disso. O esforço trás a força necessária. Que conduz de forma simétrica, a uma renovação natural.

Riscar nomes, repensar sonhos, excluir projetos (e pessoas). Sem muita pressa pra agir. Sem muitas palavras pra gritar. Mas repensando tudo. Pra poder seguir em paz. E olha que nem falta tanto assim.

1 comentários:

Ana disse...

"Riscar nomes, repensar sonhos, excluir projetos (e pessoas)."

Estou em uma fase assim, exatamente assim.

Que consigamos sair dela, na hora certa, e da melhor maneira possível.