Recent Posts

sábado, 28 de junho de 2008

[II] ou coisas boas que acontecem nas noites frias de junho

Frio. Muito frio! Mas as noites são felizes quando conseguimos dividir sonhos, tristezas, alegrias e sorrisos. A felicidade não está na quantidade. Nunca. E isso é fato. Muito acaba tornando-se pouco. Ou vazio demais. É bom ter onde se encontrar. Onde se dividir. É bom saber que mesmo triste existem motivos para uma felicidade repentina. É bom. E sabe por quê? Porque existem pessoas que transformam qualquer simples momento, qualquer 30 minutos de conversa, em noites felizes. Em dias de esperança renovada. De alegria mesmo. E são poucas pessoas que têm essa capacidade. Por isso essas pessoas são especiais. Porque o pouco é especial. O que é muito sobra. E mesmo sobrando falta. Pouco é bom. Tudo é bom quando sabemos que estamos cercados pelas pessoas certas. E nesse caso o 'certo' ta muito claro. É isso mesmo. Não falta. Não sobra. Está tudo ali. Todas as idéias. Todos os sonhos. Tudo. Nas esquinas frias, com pouca luz, encontro todo o sentido que se perdeu em dias de ilusões. E isso só acontece porque as pessoas certas estão nos lugares certos. Independente do frio, do sono e de todo cansaço dos dias iguais, as noites são cada vez mais bonitas. Mais felizes...

5 comentários:

Gabriel Mororó disse...

O que dizer !!!!
As vezes quando a emoção da amizade fala mais alto e o momento em quem menos se tem a falar.
E as vezes quando em boa companinha as esquinas não são tão frias ... eo cansaço fome acho eu parece também sumir ...
Abraço
Muito grato pela atenção senhor

Miguel Barroso disse...

Tudo desaparece e Um amor senta-se e permanece estoicamente activo na magnitude uterina do seu esplendor.



Abraços do EU, SER IMPERFEITO e d´A SEIVA

Bibiana disse...

Junho é um mês de, apenas, usar meias.

Passa no "Desce1Lead!". Voltamos a postar.

Abraços.

a.fê disse...

E quem disse que para ser feliz,precisamos de muito? O muito, enjoa. O pouco, traz vontade de ter sempre mais, e é essa a graça da vida.
Belo texto, belas palavras.
Desejo que continue feliz assim, por todas as noites e dias, sejam frios, ou quentes.

Beijos;
:*

Deise disse...

Que saudade de ler textos especiais de uma pessoa tão especial!!! PARABÉNS amigo,vc continua me surpreendendo com seus lindos posts.
BjãooO