Recent Posts

segunda-feira, 14 de abril de 2008

:::Um pouco mais:::

As palavras vão surgindo com o tempo. E com o tempo vão surgindo também as novas características . Talvez - e mais provável - nem tão novas assim. Mas ainda não tinha tido tempo de repará-las de uma forma mais ampla. O jeito que mexe no cabelo, a impaciência fantasiada de cansaço, o modo que fala sobre o que lhe cerca. O olhar mais doce do que antes, combina ainda mais com sua roupa colorida, mas nada exagerada. Aliás, nada nela é exagero. Tens tudo na medida certa. E isso resulta numa admiração maior. Numa esperança crescente de que o telefone toque, ou que qualquer mensagem assinada por ela possa enfim chegar. A esperança que ela diga qualquer coisa enquanto se ajeita pra ir embora. Mesmo com palavras ambíguas fica cada vez mais claro que tudo realmente vale à pena, e que cada sorriso quer dizer alguma coisa a mais que um 'simples sorriso'. E tudo isso pode se transformar em qualquer coisa.

Suas palavras demonstram uma satisfação não ilusória. Uma certa alegria com o todo. Os sorrisos, mais espontâneos do que nunca, comprovam sua felicidade quase que escondida no seu rosto sonolento. Uma alegria que me faz pensar em como poderia ser bom... se fosse diferente.

É claro, que pelo menos por enquanto não existem muitas chances para que isso de fato ocorra. Mas se a realidade já oferece lindas possibilidades, porque não sonhar com um pouco mais [de você] ?

6 comentários:

DANI. disse...

Nem tenho o que falar do texto, né?
Meio melancólico, meio otismmista. Muuuito lindo!

Beeeeijo
=*

colorsofthesky disse...

que lindoooo *-*
caramba...adoro seus textos

:*

Jonathas Iohanathan disse...

Somos dois esperando que o telefone toque... Sim, vale à pena cada palavra ambigua...que um 'simples sorriso' seja mais do que planos mudos...NOSSA felicidade escondida...Sonhar [com ela] vale muito a pena.

Essas foram as partes mais reais que tu poderia escrever, ao menos para mim agora. Grande-bom texto.

Estou de volta..rsrs

DANI. disse...

Daniel, seu bobão, você sabe que não é estranho, vazio, nem assutador! Muito pelo contrário...

Seu defeito é ser vascaíno e, lóóogico, chato! Rss
Só isso. (:

Beeeeijo
=*

Ahh, bom feriado. ;)

Naína Monsores disse...

Como sempre....
adoro seus textos....
gostei dessse ultimo... e se fosse diferente?rs
||
*

DANI. disse...

Tudo bem que esse é um dos melhores textos que você já postou, mas faça o favor de atualizar isso aqui, Daniel! Rss

=*